Something about…

Just another WordPress.com weblog

Cada hora que passa

Cada dia que passa

Mais sei o que preciso

mas mais dúvidas também tenho

E mais questiono tudo

Cada hora que passa

Cada dia que passa

Mais me sinto bem na América

Mas mais sei que cá ficar seria o melhor para mim

Cada hora que passa

Cada dia que passa

Mais sinto que cá ficar me faria renascer

Mas mais sinto o meu coração longe

Pois mais sinto que o meu coração ficou em Portugal

Cada hora que passa

Cada dia que passa

Menos saudades de Portugal sinto

Menos nostalgia tenho

Menos sinto a falta da familia e amigos

Mas cada vez mais sinto a tua falta

Cada hora que passa

Cada dia que passa

Mais as saudades de ti apertam

Mais sinto vontade de estar contigo

Mais saudades do teu sorriso

Mais saudades sinto do teu olhar

Cada hora que passa

Cada dia que passa

Mais sinto necessidade de ficar e tudo abandonar

Só tenho dúvidas porque de ti preciso para respirar

E tu tão longe estás

A oito horas de avião…

Quem me dera aqui estivesses comigo

Aí já não pensaria 2 vezes e já não voltaria

Cada hora que passa

Cada dia que passa

Mais me sinto confuso sem saber o que vale a pena lutar

O que hei-de fazer

E tudo porque tu existes e só em ti penso

Mas mais penso… será que vale a pena lutar? e o melhor para mim o que será?

Setembro 2, 2007 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

os textos que antecedem este foram textos que foram escritos nas últimas três semanas…tempo que permaneci nos estados unidos e que eram fruto do que passava as vezes pela minha cabeça mas muitas das coisas ficaram claras e ja nao querem dizer o mm hoje

Setembro 2, 2007 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Sei de cor cada lugar teu
atado em mim, a cada lugar meu
tento entender o rumo k a vida nos faz tomar
tento eskecer a magoa
guardar so o k e bom de guardar

pensa em mim protege o k eu te dou
eu penso em ti e dou.te o k de melhor eu sou
sem ter defesas k m façam falhar
nesse lugar mais dentro
onde so xega kem nao tem medo de naufragar

fica em mim k hoje o tempo doi
cm se arrancassem td o k ja foi
e ate o k vira e ate o k eu sonhei
diz-m k vais guardar e abraçar
td o k eu te dei

mm k a vida mude os nossos sentidos
e o mundo nos leve pra longe de nos
e k um dia o tempo pareca perdido
e td se desfaça num gesto so

eu vou guardar cada lugar teu
ancorado em cada lugar meu
e hj apenas isso me faz acreditar
k eu vou xegar contigo
onde so xega kem nao tem medo de naufragar…

Maio 26, 2007 Posted by | Uncategorized | 2 comentários

Sinto…

Sinto…
A ponta dos teus dedos,
nas palavras que escreves.

Sinto…
Os teus lábios gritarem,
as frases que constróis.

Sinto…
O teu corpo enlaçado,
nos poemas que cantas.

Quem me dera sentir…

A ponta dos teus dedos
nos meus cabelos…

Os teus lábios
nos meus…

O teu respirar
nos meus ouvidos…

E nossos corpos
entrelaçados
como um poema
de amor…

Maio 18, 2007 Posted by | Hino ao amor | Deixe um comentário

Em homenagem a uma pessoa muito especial…TU

Olha pró céu,

Conta-me o que vês

Lá fecha os olhos,

Diz-me em que crês:

Estrelas imensas

já brilham no céu!

Vejo-as no eu olhar…

Vejo uma estrela,

Sempre que sorris.

E oiço o bater,

do teu peito feliz…

E agora sei,

porque a vida me quiz

vejo-o no teu olhar…

vejo uma estrela.

Vai durar para sempre.

E oiço o Mundo,

Para nós diferente!

tudo isto é bem mais…

Do que eu m lembro!

Mais do que eu esperei!

Mais do que eu senti!

Mesmo na noite,

Eu vejo a luz!

Na escuridão,

o amor reluz!

Já nasceu em nós,

Não sei o que posso fazer…

E comecei assim a amar,

Vendo o teu olhar…

Maio 6, 2007 Posted by | Uncategorized | 1 Comentário

Desperta-me

Desperta-me
Faz-me encontrar o tão almejado amor
Pois por toda a vida espreitei-te
Desperta-me
Pois todos os amores os quais na vida amei
Foram apenas empatias e semelhanças vãs
Que ao tempo se dissiparam como neblina que se esvai
Desperta-me
Faz-me entender tal como vejo
Que o amor que sonhava em verdes campos
Com flores e risos a cantarolar perfumes
É achado em essencia que dimana da alma
Desperta-me
Faz-me acreditar que minhas fraquezas
Será sempre o motivo do teu amar
E que mesmo sendo fraco
Sempre há de me envolver em teus braços
Desperta-me
Pois do sono profundo quero apenas
A profundidade para o esquecimento
Embriagar-me de ti,inebriar-me de ti
Vem
Desperta-me…

Abril 13, 2007 Posted by | Uncategorized | 3 comentários

Se te amo?

Se te amo?
Não sei,se amar é querer-te bem por toda vida
Há de explicar então este singelo desejo
Outrora dado ao mundo,declarava-me a lua
Em galenteios cantava as estrelas
E por noites beijei o aroma das flores
Se te amo?
Não sei,se amor é estado de graça
Há de explicar então este erradiar que me encanta
Outrora dado a nostalgia,dancava com as dores
Agarrava-me as tristezas,delinquia-me com as lágrimas
Se te amo?
Não sei,se amar é sentir saudade a todo instante
Há de explicar então esta falta que não cessa
Outrora dado a vida,buscava de todo o sentido
Sorri ao vento e sonetos fiz a solidão
Se te amo?
Não sei,se amar é ser verdadeiro e transparente
Há de explicar esta minh’alma que despida se entrega
Esta mesma que outro erradiava o gosto do sonho
A verdade do desejo,e hj achará o amor
Se te amo?
Não sei,sei que a cada instante este ser te chama
Estes olhos que te contemplam,este amor que te consagro
Outrora apenas devaneios,e hoje ao vê-la
Eternamente se tornará razão do abraço,
Há de explicar então este sentir,este dar,este sonho
Se te amo?
Não sei,sei que apenas vc me é
Há de explicar?
Este ser só vive por te amar

Abril 13, 2007 Posted by | Uncategorized | 1 Comentário

Não sei o que tenho…não sei o que sinto

Não sei o que tenho

Não sei o que sinto

Antes de te conhecer sentia que nada poderia acontecer, nada poderia surgir

Ninguém poderia ocupar outra vez um lugar de destaque em mim

Ninguém poderia atingir o meu coração

De repente TU surgiste e com isso acho que algo mudou

No primeiro minuto vi que serias alguém diferente e especial

No primeiro momento senti que nos iriamos dar bem

Os dias passaram e a certeza aumentava

Tu eras realmente uma pessoa divinal e muito especial

Desde esse momento sempre te quis conhecer o quanto antes e te poder admirar

Isso aconteceu e as certezas aumentaram ainda mais.

Não sei o que tenho

Não sei o que sinto

É como me sinto desde esse momento

O teu olhar meigo penetrou em mim e jamais quis voltar a sair

O teu sorriso tão doce e terno queria que eu pa ele sorrisse e conseguiu

Os teus raços e gestos em mim ficaram marcados não sei porquê e não me querem abandonar

A tua imagem ficou de tal forma gravada que acordo e adormeço pensando em ti

As tuas ternas e doces palavras embevecem-me

O teu cheiro ficou gravado no meu nariz

Aquele teu olhar malandro de embevecido me deixa

Que será que eu tenho?

Que será que eu sinto?

Não sei o que tenho

Não sei o que sinto

Só sei que te conhecer foi das melhores coisas que me acontecu

só sei que após esse dia aguardo para voltar a falar contigo e te ver

Só sei que tenho saudades tua

e te desejo ver e sentir

Só sei que gostava de te ter aqui ao meu lado

e te dar muitos carinhos pudesse

e te desse tudo o que de bom tenho

e me deixasses te descobrir por completo e os dias ficassem mais bonitos

e a nuvem da solidão desaparecesse de vez e a felicidade imperasse

Que será que eu tenho?

Que será que eu quero?

Ter não sei o que tenho

Querer queria-te a ti aqui a meu lado…

Abril 3, 2007 Posted by | Uncategorized | 1 Comentário

Tu…

Tu que surgiste num dia de escuridão

Num dia diferente tornaste esse dia

Quando tudo era solidão e quase nada fazia sentido

De repente senti que algo teria mudado…surgiste tu

Desde o primeiro minuto reparei que serias alguém diferente

Cada minuto que passava tinha mais a certeza disso

Aquele café e aquele passeio só ajudaram a isso

uma pessoa muito simpática e muito cativante, que apetece sempre dar mais

teu olhar me ficou marcado no rosto

casa hora contigo soube a um segundo,

parece foi tudo tão depressa

só te queria conhecer mais e saber maisde ti

e ao saber mais de ti mais especial te achava e mais cativado estava

tu és realmente uma pessoa diferente das outras

e a tua diferença cativa

tu conseguiste afastar de mim a escuridão e as trevas

o teu olhar me marcou

o teu sorriso me chamou a sorrir e não me deixava deixar de pensar em ti

obrigado pela tua amizade e por teres surgido

e oir seres a pessoa especial que és

Abril 2, 2007 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Será uma luz?

Quando tudo estava escuro e em que a noite não tinha luar

Quando dias passavam lentos e sem sentido

Quando cada minuto era uma eternidade a passar

Quando nada avançada, nada surgia, nada mudava

Eis que algo acontece

Será uma luz ao fundo do túnel a dizer que novos dias poderão surgir?

Se em dias em que eu imaginava e pensava,

nada acontece, nada avança, não aparece nm surge ninguém

tu surgiste e me diverti imenso

será que não vale a pena sonhar?

Pois eu acho que sim

Pois se uma coisa tão boa  me aconteceu porque não poderão acontecer mais?

Porquê não acreditar que o amor voltará?

se como a esperança das trevas desaparecerem era pouca, elas desapareceram

porque não poderá acontecer coisas melhores ainda?

Será uma luz indicando que é possível ver o fundo do túnel?

Abril 2, 2007 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário